quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Aprendendo a viver.

A vida muitas vezes é curta, mas mesmo assim seu caminho é longo. Nela aprendemos a sorrir, chorar, amar, sofrer e a renascer a cada amanhecer.
Quando sorrimos, levamos a alguém bem próximo, ou até distante, a certeza de que, por pior que seja o momento, o futuro nos espera para mostrar-nos novos horizontes e para que possamos voltar a lutar pelos ideais que sempre nos motivaram a viver.
Quando choramos, mostramos que somos frágeis e sensíveis e que precisamos mais do que nunca de consolo e palavras de carinho. Nada melhor que um ombro amigo, para desabafarmos e nos dizer palavras otimistas, que nos trazem de volta à realidade.
Quando amamos, nos sentimos felizes por ter encontrado a pessoa que julgamos ser a nossa metade, onde os sentimentos e os desejos se completam de tal forma que nos transformamos em uma só pessoa, e que tudo fazemos para transmitir paz, carinho, compreensão, amor e o bem estar mútuo, que é imprescindível.
Quando sofremos, é que esquecemos que neste longo caminho da vida nem tudo é como gostaríamos que fosse, que existem algumas barreiras para se transpor e que precisamos de força e coragem para enfrentar o que para nós, o destino reservou.
Ahh!! O Renascer... este sim todos nós precisamos tê-lo como "Manual de Vida".
Deixe a vida fluir normalmente: sorria, chore, ame, e sofra, mas nunca se esqueça de que a cada estágio destes, crescemos interiormente e passamos a valorizar muito mais cada minuto que vivemos, e a cada amanhecer, renasceremos, pois já teremos aprendido que o mais importante, a partir de agora, é o "Momento Presente"

(Desconheço o Autor)

Nenhum comentário: