segunda-feira, 2 de junho de 2014

Inquietação



Foi fácil exterminar
os deuses e semideuses
de todos os meus sonhos,
de toda a minha inquietação.

Mas ao fim de todas as mortes,
nos limites do silencio,
há um fantasma sem nome,
oblíqua presença de nada.

(zcmc)

Nenhum comentário: